Compartilhe!

Pesquisar neste blog

04 outubro, 2006

Vida de blogueira... ou confissões?

Imagem e texto por Solange Pereira Pinto




Vida de blogueira... ou confissões?



Curiosidade. Essa é a palavra que melhor me define? Ou seria insatisfação? Inquietude? Hum... Olhando o dicionário acho que é a primeira mesmo. Sou curiosa e intensa. Desejo ver, ouvir, conhecer, experimentar, saber. Sou irrequieta. Vivo num desassossego permanente.

Conheci a internet e seus mistérios há 10 anos. Pouco tempo, né? E fui fuçando. Dos antigos ICQs para os atuais MSNs, muito ou quase nada mudou. Depende. Hoje se tem mais recursos. Orkut. Blog. Wiki. Emotions. Fotolog... Têm-se mais autonomia e menos custos. Mas, o vício, diria, é o mesmo. Viver entre hiperlinks e me perder no virtual. Ou me encontrar?

Quanta gente já cruzou minha tela? Nem sei. Quantas páginas já li? Não tenho idéia. Quantas raivas já passei? Inúmeras. Amigos? Encontrei. Diversão? Muiiiiiiiiiiita. Até minha forma de escrever.. ai ai ai... mudou (rsss).

Hoje consigo me permitir certas abreviações. Alongar vogais, e até engoli-las. Esticar o “s”, prolongar o “k” num kkkkkkkkkkk. Sou mais flexível. Incorporei novas formas de comunicação, não tenho dúvidas. De relação, também.

Mas, o tema é vida de blogueira... ou confissões? Foi em 2004 que me encantei pelos “diários virtuais”. De observadora passei a “afixionada”. É, presa a eles. Acho que já fiz (ou colaboro ou participo) quase vinte blogs pessoais, profissionais e supervisionei mais de uma centena(de alunos).

Não tive coragem de deletar nenhum. Contudo, consegui abandonar vários. “Idéias e ideais”, que deu seguimento ao “Se for preciso grite”, é o que se mantém melhor. Foi com este que aprendi a ser “blogueira”. Inovar. Arriscar. Testar. Compartilhar. Errar. Arrepender. Emocionar. É neste blog que eu mais sou eu. A “Soll” nua (ou quase).

Foi em 13 de agosto de 2005 que o embrião surgiu (no UOL) até eu parir aqui (no Blogger) em abril deste ano. Pois bem, no começo não me preocupava muito com “acessos”, quem visitava, se o blog era visto ou não. Os desejos maiores eram publicar textos, curiosidades, e brincar com a ferramenta. Era uma experiência solitária, talvez.

Acontece que fui gostando de brincar. E queria companhia. Brincar sozinha é muito chato, às vezes. Fui incrementando. Ampliando a rede. Até me dar conta que, fazia tempo, eu publicava para meus leitores (mesmo que não os conhecesse). Nem tudo é claro. (algumas coisas são especialmente egoístas e somente para mim rsss).

No entanto, percebi (ou tomei consciência?) que cada comentário deixado (desde sempre), cada pulo no número de acessos, tornava meu dia melhor, mais acolhido, mais feliz.

Dei-me conta que o blogIdéias e Ideais” tinha se tornado um lugar de amigos, de encontros (ainda que breves). Tal qual um telefonema para dar um “oi”, ou um bom-dia no elevador, ou uma piscadinha a distância. Um lugar para eu passar diariamente e aumentar o meu número de sorrisos para alimentar o dia.

Posso confessar que me faz muito bem receber meus convidados, ainda que virtuais, com um post diferente, com uma crítica, com uma frase, com uma arte, com uma foto.

Passear pelos blogs dos meus visitantes e amigos também se tornou uma alegre rotina. Pude conhecer melhor cada um deles. O blog é sim uma parte de nós. Uma extensão sem dono, que qualquer um pode pegar. É uma licença, um conceder. É um despir que o outro (na maioria das vezes) respeita.

Não conheceria facetas de tantas pessoas, como as conheço a partir de seus blogs. Cada post é um falar de si mesmo, ainda que o assunto não seja pessoal. Ser blogueiro é, para mim, um “se revelar” corajoso.

Ontem, fui ver as estatísticas do meu blog. Fiquei surpresa. Foram (em setembro) 1150 acessos e mais de duas mil páginas visitadas. Algo que jamais sonhei quando me investi nesta empreitada. Vem gente de todo lugar do Brasil, e até do mundo. Pessoas que vêm aqui das mais variadas maneiras. Seja pelo google, seja por convite ou indicação, seja por acidente. Não importa a forma.

O que posso dizer é que ter me tornado blogueira me levou para mais perto de pessoas formidáveis e, principalmente, me trouxe para mais próxima de mim mesma. Tenho me conhecido muito a partir daqui e de vocês que me visitam.
Ser blogueiro, eu recomendo! Beijos! Da Soll.

12 comentários:

Patricinhas disse...

Adorei o seu blog podemos ser amigas!!!Morgana

Cesar Cardoso disse...

Assumiu que foi acometida do mal do blog? Hehehehe. De qualquer maneira, muito legal o post. Acho que todos nós, blogueiros, sentimos um pouco isso aí mesmo.

Cesar Cardoso disse...

Assumiu que foi acometida do mal do blog? Hehehehe. De qualquer maneira, muito legal o post. Acho que todos nós, blogueiros, sentimos um pouco isso aí mesmo.

Fr@ncis.co disse...

Soll, escrevo sobre Educação, Relacionamentos, Resenhas de Livros e até comentários de Filmes. Escrevo de tudo, meu próximo texto deve ser uma crítica ao nosso sistema educacional brasileiro. Penso em seguida escrever algo sobre a Ditadura da Beleza, mas em colaboração com outra pessoa. Valeu, ainda tô apredendo a ser blogueiro. Cara teus blogs são muito D+, parabens...

Soll disse...

rsss e viva o mal do blog! bjs

eduardo disse...

belo texto!!!

Soll disse...

obrigada Dudu!

Anônimo disse...

Solange, impressionante como somos surpreendidos pelo tempo. Escrevemos, anos se passam, relemos e pohh: olha só nossas "velhas angústias transbordando da vasilha".
Beijos montanosos e parabéns pelo seu blog, você é modernérrima entende tudo de computador, uma aberração, deve entender até de física quântica. Valesca

Soll disse...

valeu montana!!!! a primeira a deixar recadinho!!! bj

Roberto Klotz disse...

Esta é a segunda ou terceira vez que visito seu blog. Seu blog me agrada. É maduro. É de alguém que sabe escrever. Não é histérico e nem salpicado de baixarias. É inteligente.
Vou parar por aqui para não encher demais a sua bola.
Ah, e tem um visual muito bom também.

Soll disse...

Oi Roberto, obrigada pelas palavras tão gentis! continuarei tentando manter o "nível" (risos). Abraços!

Janethe Fontes disse...

Oi, Soll, essa mania de blog pega mesmo. O meu blog é novinho, tem apenas 6 meses de vida, mas eu já estou ultra, mega, hiper viciada (risos). Mas o mais gostoso mesmo são os amigos que fazemos através dele. Amigos como vc. Bjs.

Postagens populares

Total de visualizações de página