Compartilhe!

Pesquisar neste blog

27 dezembro, 2010

tendências

Top 10 tendências do turismo de luxo em 2011

Especialista mostra que luxo não está mais no preço do produto e sim no valor agregado

Juliana Castro, do 
Marco de Bari/Quatro Rodas
Aston Martin DBS modelo 2010
Aston Martin: esportivos de luxo
Rio de Janeiro - O luxo não está mais no preço dos produtos e sim no valor agregado a ele. É o que mostrou Karen Weiner Escalera, especialista em turismo de luxo e fundadora da KWE Partners de Miami, durante o Luxury Marketing Council Brazil, em São Paulo.

No evento, ela divulgou as 10 tendências do mercado de turismo de luxo para 2011. Entre os pontos abordados, o TOP 10 inclui o pensamento sustentável, no qual os clientes passam a se importar com o benefício que o produto traz para o meio ambiente ou se a compra vai ajudar comunidades carentes. 

1. 
Retorno de valores tradicionais e tempo qualitativo com a família e amigos.
Veja os 10 pontos abordados por Karen:
2 . Uso de novos vocabulários: valor, qualidade, design prático, necessidade real, luxo individualizado, status pelo conhecimento e não pela ostentação.
3. Valor e não preço é o fator chave na hora da compra, já que agora é equacionada pela necessidade do consumo inteligente. A questão agora é o apelo racional (investimento, qualidade, valor de marca) e emocional (paixão, oportunidade, tendência, experiência e exclusividade).
4. Mesmo em tempos de tecnologia dominante, consumidores estão cada vez mais a procura do apelo aos sentidos – visual, auditivo, olfativo, gustativo e tato.
5. A valorização efetiva da marca pode vir desde a relação com a arquitetura e a arte, até a assinatura de perfumes, gastronomia e musica. 
6. O advento do neo-tribalismo, com o desenvolvimento de sociedades fracionadas em “tribos”, não étnicas, mas determinadas pelos interesses profissionais e pessoais e pelas paixões pela cultura, gastronomia, artesanato, moda, sapatos, viagens.
7. O mercado está menos definido “psicodemograficamente”, ou seja, por comportamento. Isso criou um grande número de oportunidades de marketing de novos nichos e micro-nichos. Na área de turismo, por exemplo, existem tendências como o turismo de animais de estimação, cinematográfico, feminino, de solteiros. As "vilas tribais" são comunidades online onde pessoas podem dividir seus interesses, como o Facebook, Twitter, Foursquare, Linked in, entre outras.
8. O consumo consciente trouxe consumidores influentes que gostam de saber que suas compras podem ajudar, de alguma forma, comunidades carentes ou beneficiar o planeta.
9. Criatividade é a nova moeda de troca. Os consumidores desejam produtos únicos e individualizados, e que seus amigos não tenham. Além disso, mais e mais consumidores querem criar e desenhar seus próprios produtos.
10. Com o envelhecimento da população mundial, atividades relacionadas com saúde, bem-estar e medicina anti-envelhecimento (anti-aging) vão se tornar prioridades, criando grandes oportunidades de novos negócios, como por exemplo viagens de saúde e receptivos médicos.

Nenhum comentário:

Postagens populares

Total de visualizações de página