Compartilhe!

Pesquisar neste blog

16 julho, 2009

Dom Juan e seu voto de pobreza - Juan Uviedo


por Jornal Alternativo - j.alternativo@uol.com.br


Dom Juan, quase aquele do Castañeda

Me falaram que o homem era muito interessante e curador muito competente, fui lá conferir. E bota interessante nisso!

O homem casou 6 vezes e tem 14 filhos (casou a primeira vez com 18 anos). Rodou o mundo, visitando tribos indígenas e estudando e dando aula em Universidades da Europa e dos Estados Unidos. Morou junto com o Carlos Castañeda, na Universidade de Berkeley, onde os dois davam aula. Dirigiu peças de teatro, na Broadway, na Europa e também aqui, no teatro Ruth Escobar. Faz um trabalho para crianças em São Tomé das Letras, sustentando e educando 30, mantendo uma brinquedoteca e fazendo doações de cestas de alimentos e presentes de Natal para mais outras 150 crianças. E pasmem: o homem fez voto de pobreza!!!

O homem é Juan Uviedo, 78 anos, argentino e cidadão do mundo, xamã e estudioso da ciência, psiquiatra formado em Paris e criador de um jogo das pedras, curador e fumante. Enfim Juan tem uma série de qualidades que eu quero ter quando crescer (já disse isso de outros entrevistados, me desculpem, mas só entra gente muito interessante nessa minha vida de entrevistador).

Entro no apartamento do Juan, aqui em São Paulo (ele mora em São Tomé, vem aqui para atender pacientes), e já começo a achar engraçado. O apartamento é duplex, a sala não é muito grande, mas quase não tem móveis, só uma mesa e duas cadeiras. Mas é um apartamento respeitável para um xamã. Ele percebe logo e vai dizendo: “Não estranha o apartamento, não é meu, não. O dono quer me dar, mas eu não posso aceitar porque fiz voto de pobreza há alguns anos. Venho aqui para atender pacientes e de tudo que eu ganho fico com 10% para distribuir pelos 4 filhos menores (19 a 31 anos, ele explica depois) e o restante vai para o trabalho da Associação Viva Criança, de São Tomé.”

Observo-o melhor e começo a achar o Juan um figuraço. Muito bem fisicamente, rosto sorridente e muito expressivo, todo vestido de branco, roupa bem folgada e descalço. E ótimo contador de histórias. Julguem vocês.

“Nasci quando minha mãe já tinha mais de 50 anos e um monte de filhas, só mulheres. Com 16 anos, pouco mais, já estava correndo mundo, tanto conhecendo tribos indígenas – conheci muitas pela América Latina -, como viajando pela Europa e pelos Estados Unidos. E a experiência mais fantástica, e o maior aprendizado, foi com os jivaros, aqueles índios do Equador que encolhem cabeças e são canibais. Fiquei lá 9 meses e só voltei porque eles me drogaram e colocaram numa canoa dentro de um rio e lá fui eu. Sem nenhuma roupa, aliás.”


‘Cola’ xamânica

“Me formei em Psiquiatria e Psicanálise em Paris, mas só estudava aquilo que eu gostava. Por exemplo, em Anatomia e Fisiologia eu só gostava de cérebro e coração e só estudava isso. Como já conhecia um pouco de xamanismo, sabe o que eu fazia? Escrevia na sola dos pés essas palavras – cérebro e coração – e depois batia os pés no chão, como eu tinha aprendido com os índios. E nas provas só caía isso, não dava outra.

“Dei aula em várias Universidades da Europa e dos Estados Unidos e continuei visitando tribos e aprendendo com os índios. Em Berkeley, no campus da Universidade, eu morei com o Castañeda, e aprendi muito com ele. E ele dizia que também aprendeu algumas coisas comigo. Ele tinha fome de saber, e também uma fome física incrível... Às vezes eu chegava em casa querendo comer alguma coisa, abria a geladeira e... nada. O Castañeda tinha zerado tudo. Alguns amigos brincam dizendo que eu sou o Dom Juan do Castañeda, mas não é nada disso. O Dom Juan não existe como pessoa, o Castañeda era um excepcional antropólogo e tinha uma sabedoria imensa – nós achávamos que ele não era deste planeta e sua ‘morte’ ou desaparecimento meio que comprovou isso. Então Dom Juan personificava todo esse conhecimento do Carlos, intelectual, arquetípico, intuitivo e outras sabedorias.”

E aí, São Tomé das Letras...

Depois de uma caminhada de muitos dias, cheguei em São Tomé das Letras e logo concluí que ali era a parada final. Sentei na montanha e meditei muito tempo e tudo foi se aclarando. Não só percebi que ali era o meu lugar, como descobri qual era de fato a minha missão nesta vida: cuidar de crianças. Eu tinha 14 filhos, resultado de 6 casamentos, mas nunca tinha sido grande pai.
“Engraçado é que poucos dias depois me entregaram um menino para criar, e esse menino é hoje presidente da associação para crianças que eu fundei e para onde vão os 90% do dinheiro que eu ganho.

“Dias depois de chegar a São Tomé liguei para minha mãe. Eu disse o nome da cidade e ela falou que eu tinha chegado ao meu destino – outra curiosidade é que eu nasci numa cidade chamada San Tomé, na província de Santa Fé, na Argentina. Poucos dias depois minha mãe faleceu, já bem perto dos 100 anos. Parece que ela estava esperando eu chegar a São Tomé.

“Tempos depois, comprei a montanha onde tinha sentado quando cheguei e tive as revelações. O povo da cidade ficou me olhando assim como se eu fosse bobo, porque todo mundo na cidade dizia que na montanha não havia água. Pois é, até agora eu já achei 5 nascentes na montanha...” (Juan diz ainda que já obteve autorização para ser enterrado na montanha, exatamente no lugar onde se sentou pela primeira vez e onde medita até hoje.)

Juan tem idéias curiosas também sobre como acabar, ou pelo menos diminuir, com a violência. “Sabe o caso do menino agora no Rio? A solução que eu daria era prender todos os parentes dos criminosos, além deles, claro. Prende pai, mãe, avó, filhos, tudo... Violência é sempre uma questão familiar, de educação e de karma... Os índios fazem assim e muito raramente há problemas nas tribos. Na Associação, nós também fazemos a divisão da responsabilidade em grupo. Se um garoto tira nota baixa na escola, os 3 ou 4 colegas de quarto são punidos junto com ele... Se alguém não faz a sua tarefa do dia e da semana, ninguém tem folga no fim de semana... E tudo funciona muito bem.”

Dom Juan faz atendimentos e leituras xamânicas e com o jogo das 64 pedras aqui em São Paulo, para onde vem todos os meses. E faz mais um mundo de coisas, até casamentos xamânicos. E a Associação Comunitária Viva Criança tem diversas atividades em São Tomé das Letras, desde a Montanha onde vivem, estudam e aprendem profissões cerca de 30 crianças, até a Brinquedoteca, a Biblioteca, o Mercado de Trocas, a Rádio Escola e vários eventos específicos.

Serviço: Para saber mais sobre a Associação, veja ww.associacaovivacrianca.hpg.ig.com.br ou ligue para 35-9972.3657. E para conversar com o Juan, se você tiver sorte ligue para 11-3845.4513 ou então envie e-mail para juanmontanha@yahoo.com.br



VIAGEM ESPIRITUAL XAMÂNICA


- Aprendendo a lição do relâmpago:
Observe o relâmpago rasgando o véu da escuridão. Faça o mesmo!
Rasgue a treva de seus medos. Projete raios intensos sobra a sua
própria escuridão e afaste os medos e dúvidas de sua mente e de seu
coração.
O ensinamento do relâmpago é sobre o PODER DA LUZ.
O seu símbolo é o OLHO ABERTO.
O seu presente é a visão espiritual.
Aprenda a olhar.
A morada do relâmpago é no centro da cabeça.

- Aprendendo a lição do trovão:
Escute o som do trovão ribombando na atmosfera. Sua manifestação
sonora é poderosa. Sinta esse poder no centro de seu umbigo.
Escute o trovão com toda sua alma!
O ensinamento do trovão é sobre o PODER DO SOM.
A natureza invisível fala. Aprenda a ouvir.
A morada do trovão é na barriga.



- Aprendendo a lição da chuva:
A missão da chuva é limpar a atmosfera e molhar a terra.
A sua lição é simples: fluidez
O ressecamento endurece a terra e dificulta a vida dos vegetais. A
chuva fluidifica o solo e equilibra as condições para o reino vegetal
desenvolver-se plenamente.
Medite na renovação propiciada na natureza pela chuva. Renove-se
também!
Nada de rigidez, fluidifique as suas emoções. Esqueça as tristezas,
limpe as mágoas e desenvolva-se plenamente.
A morada da chuva é o baixo ventre.

- Aprendendo a lição do vento:
O vento sopra por onde quer. A sua natureza é a liberdade de acessar
os espaços livres.
Pense que o seu espírito é livre como o vento. Medite nisso quando
deitar para o descanso diário. **
Seja uma flauta espiritual. Quando o sopro sutil viajar pelo seu
interior, toque a música. Voe com ela!
O ensinamento do vento é sobre O PODER DO MOVIMENTO.
A morada do vento é na garganta.

- Aprendendo a lição da terra:
A terra é alimentação, sustentação e firmeza.
Ela é a mãe do seu corpo de carne e dona de seus ossos.
Por isso, agradeça a ela por estar sustentanto a sua viagem carnal.
Ela entra pelos seus pés!
E acaricia o seu corpo com o calor vital planetário.
Medite nisso.
O seu ensinamento é sobre o VALOR DA VIDA.
A morada da terra é na base da coluna.

- Aprendendo a lição xamânica:
Escute a mensagem do povo invisível:
Primeiro, cure a si mesmo, de dentro para fora.
Depois, expanda a sua luz e compartilhe a sua felicidade com todos os
seres da natureza.
O xamã é guiado pelo povo invisível. Suas canções são as mesmas deles.
Por isso eles permitem as suas viagens xamânicas pelos reinos
invisíveis.
O ensinamento xamânico é sobre o respeito a natureza e a REVERÊNCIA
AO PAI PRIMEIRO.
A morada do Pai Primeiro é em todo lugar!
Medite nisso.

- Aprendendo a lição principal:
Medite na Luz do Pai Primeiro, o seu primeiro Amor.
O Grande Espírito é todo Amor.
Você e tudo o que existe são a expressão desse Amor.
A morada do Amor é o coração espiritual.
Desse centro ele irradia para todo o corpo e espalha a vitalidade.
Medite nisso.
Sinta o Amor e perdoe a todos aqueles que não o compreendem.
Medite no perdão.
Pense no raio que ilumina as suas trevas, no trovão que chama, na
chuva que limpa as suas mágoas, no vento que convida ao vôo do
espírito, na terra que o convida para a vida e no Amor que é a
essência divina em tudo.
Compreenda: O paraíso é dentro de você mesmo. Sinta-se feliz de saber
isso.
Perdoe a si mesmo e aos outros. Descarregue o peso das mágoas. Renove-
se!
Sente-se embaixo de uma árvore frondosa e respire a seiva vital.
Permita-se a uma união com ela. Deixe-a curar as suas feridas
internas. Agradeça ao povo invisível das árvores, torne-se amigo
deles. Abrace a árvore e agradeça.
Torne-se amigo do sol e da lua, do céu e da terra, dançe com a vida e
alegre-se com ela.
Jamais esqueça de que o povo invisível acompanha a todos os seus
passos. Agradeça a eles pela proteção sutil e pela paciência de
trabalharem sem nenhuma busca de reconhecimento ou recompensa do
mundo dos homens.
Agradeça ao Pai Primeiro e a Mãe-Natureza.
O ensinamento principal é esse: ame, agradeça, cure a si mesmo e aos
outros, perdoe e alegre-se. Viva contente de saber essas verdades do
espírito. Pratique-as!
O Grande Espírito está em seu sorriso.
Medite nisso e viaje feliz.

site.www.xamanismo.com.br

ANIMAIS XAMANICOS

Quando xamanicamente compartilhamos da consciência animal, podemos transcender o tempo e o espaço, e, as leis de causa e efeito. A natureza da relação entre homem e o animal é de origem espiritual.
Todas as pessoas possui 4 animais xamânicos, sendo que cada um é responsável por um chackra e com uma atuação :

ORI – Animal que te Guia.

CARDÍACO – Animal que rege os sentimentos.

PERCEPÇÃO: Animal que conduz a Intuição, Vidência e Clarividência.

CENTRO – Animal que nos move (Revela a energia que fomos)

Geralmente os animais são de natureza selvagem e não domésticos. O nosso instinto animal é responsável pelo nosso lado mais forte, menos racional. Ele torna as pessoas resistentes a doenças, pois propicia um corpo vigoroso, protegendo de doenças infecciosas. Também aumenta a acuidade mental e a autoconfiança.
Quando uma pessoa está fraca e deprimida, ela perdeu seu poder animal.
Os animais de poder devem ser estudados e reverenciados, porque são poderes arquetípicos ocultos, que estão por trás das transformações humanas.
Quando se estabelece contato com o animal de poder, ele se comunica por sonhos, símbolos, palavras, pela escuta interior. Eles auxiliam; no diagnóstico de doenças (físico, mental, emocional ou espiritual), na realização de objetivos desafiadores, para encontrar objetos perdidos, para aumentar sua resistência e disposição, proteção contra inimigos e perigos, esclarece relacionamentos, auxiliam o autoconhecimento, nos direcionam para encontrar lugares de difícil acesso.
Quando uma pessoa está fraca e deprimida, ela perdeu seu poder animal.
Os animais de poder devem ser estudados e reverenciados, porque são poderes arquetípicos ocultos, que estão por trás das transformações humanas.
Quando se estabelece contato com o animal de poder, ele se comunica por sonhos, símbolos, palavras, pela escuta interior. Eles auxiliam; no diagnóstico de doenças (físico, mental, emocional ou espiritual), na realização de objetivos desafiadores, para encontrar objetos perdidos, para aumentar sua resistência e disposição, proteção contra inimigos e perigos, esclarece relacionamentos, auxiliam o autoconhecimento, nos direcionam para encontrar lugares de difícil acesso.

EXEMPLOS:

Phoenix inclui:
Manter o fogo da criação
Protetor de todo o fogo
Morte e renascimento
Regeneração

Gárgula inclui:
O Guardião Silencioso
Protetor dos espíritos das fronteiras da Terra
Habilidade de ver após o exame (ou após máscaras)
Uso da voz nivelar para fora da negatividade
Habilidade de purificar uma alma de emoções negativas
Movimento através da sombra
Conexão à chuva
Movimentos livremente no vácuo
Protetor da luz

Pegasus Inclui:
Protetor
Dá a inspiração
Conectado ao curso astral
Limites
Humildade
Emoção
Conectado à sabedoria do relâmpago
Habilidade de voar sobre alguma situação

Dragão inclui:
Carregado do fogo
Protetor
Existe entre pensamentos
Habilidade de mover-se entre mundos
Conexão ao nascimento do universo
O dragão vermelho dorme no núcleo da terra

UNICÓRNIO Inclui:
Pureza
Inocência
Virgindade.
Conexão aos testes padrões do tempo
Conexão aos espíritos da floresta

Caranguejo ermitão Inclui:
Amor da liberdade
Mobilidade
Habilidade de viver em qualquer lugar
Compreende a necessidade para a mudança rápida
Movimento com as décadas
Habilidade de armazenar a energia da água
Conforto na escuridão

Pulga Inclui:
Metamorfose
Habilidade de alterar o tempo dentro do ciclo de vida
Sensibilidade à luz
Habilidade de provocar um processo do nascimento pelo uso da luz,
da vibração,
ou dos vários componentes do ar.

Coral Inclui:
A flor animal do mar
Fornecendo um ambiente vivo para tudo
Compreensão da necessidade para a diversidade
Vida comunitária
Simbiose

Onça Inclui:
Regeneração com solidariedade
Conexão com os mundos físicos e espirituais
Habilidade de estar em dois lugares em uma vez
Visão desobstruída
Conexão ao despercebido

Chimpanzé Inclui:
Inteligência
Complexidade sociedade compreensiva
Habilidades de língua
Conexão aos espíritos da floresta
Resolver problemas
Habilidade de balançar o compreensão e a agressão.

Lagosta Inclui:
Concentração
Coordenação
Habilidade de transcender o ego
O poder da simplicidade

Horóscopo Xamânico

GANSO
De 21/12 a 20/01 - A Lua da Renovação da Terra
O Ganso pode ser muito severo, mas isso acontece apenas porque, no fundo da sua alma, é um idealista. Gosta de explorar o desconhecido e por isso enfrenta a vida com entusiasmo. É perfeccionista e com freqüência sério demais. Quer chegar longe e por isso é ambicioso e perseverante, ainda que às vezes possa ser rígido demais. No amor, pode ser egoísta, muito centrado em si mesmo. Deve aprender a rir mais e a ser mais carinhoso com o parceiro.

Combina com Castor, Urso Pardo e Corvo

Deve cultivar: Sociabilidade, expressão emocional.
Deve evitar: Dúvidas e pessimismo.
Planta: Framboesa
Mineral: Peridoto
Cor: Branco
Direção: Noroeste
Medicina do Ganso: Caracteriza-se pelo valor inerente à capacidade de manter-se fiel aos próprios princípios e ideais.

LONTRA
De 21/01 a 20/02 - A Lua do Descanso e da Purificação
Lontras são brincalhonas e proféticas, criativas e lógicas. Têm altos ideais e tendem a querer mais dos outros do que é razoável. Procuram a verdade acima de qualquer coisa. Lontras são amistosas, intuitivas e têm alto grau de criatividade. Detestam normas e procuram viver de um modo aberto e liberal. São muito originais e têm um grande apreço pela limpeza e a ordem. Pessoas Lontra podem ser excêntricas e muito humanitárias. Às vezes são rebeldes e imprevisíveis. Não são muito carinhosas, e procuram viver uma profunda amizade antes da paixão transbordante. Sua maior virtude é a imaginação.

Dá-se bem com o Corvo, o Falcão e o Cervo

Deve cultivar: A criatividade, a tolerância e a coragem.
Deve evitar: A excentricidade e a rebeldia.
Planta: Alísio
Mineral: Turquesa
Cor: Prata
Direção: Norte
Medicina da Lontra: A capacidade de conectar com a criança interior, de ser inovador e idealista e desfrutar das tarefas da vida cotidiana.

LOBO
De 21/02 a 20/03 - A Lua dos Grandes Ventos
O lobo é gracioso, tem iniciativa, e ama a liberdade. Pessoas Lobo são geralmente muito confiáveis, generosas e com sentimentos profundos pelos seus amados. Seu objetivo máximo é encontrar a cultivar o amor em suas vidas. A qualidade do Lobo é a compaixão, e por causa disso é uma pessoa sensível, intuitiva e muito criativa. Sempre pronto a acudir quem precisa de ajuda, no fundo, o que o Lobo deseja é que respeitem seu espaço vital e sua liberdade de movimentos. É muito afetado pelos atos e palavras dos outros, e é com freqüência tímido. É porém sincero, reflexivo e digno de confiança. No amor é carinhoso, romântico e possessivo.

Combina com o Pica-Pau, o Urso Pardo e a Serpente

Deve cultivar: Intuição, criatividade e compreensão.
Planta: Tanchagem
Mineral: Jade
Cor: Azul Esverdeado
Direção: Nordeste
Medicina do Lobo: É a capacidade de atuar de acordo com a intuição e os instintos mais do que com o intelecto.

FALCÃO VERMELHO
De 21/03 a 20/04 - A Lua das Árvores em botão
O Falcão é um mensageiro dos insights. Adaptáveis e abertas, as pessoas Falcão gostam de liderar, e podem ser impulsivas de vez em quando. Querem estabelecer a individualidade ao mesmo tempo em que são aceitos pelo grupo. O Falcão é ativo, esforçado e impetuoso. Possui uma grande iniciativa, mas pode tomar decisões precipitadas, das quais logo se arrepende. Com muita vivacidade, o Falcão sabe ser extrovertido e audaz. Entusiasma-se com as novas experiências, mas tem dificuldade para perseverar nas tarefas. É pioneiro, aventureiro e afável. Sua missão na vida é guiar os outros. No amor, é rápido, fogoso, e muito apaixonado. Acende-se com facilidade e quer conseguir o que deseja a todo o custo.

Dá-se bem com Salmão e Coruja

Deve cultivar: Paciência, persistência, compaixão.
Deve evitar: Vaidade, orgulho e intolerância.
Planta: Dente-de-leão
Mineral: Opala
Cor: Verde amarelado
Direção: Nordeste
Medicina do Falcão: O poder da observação penetrante e da capacidade de agir com decisão e energia.

CASTOR
De 21/04 a 20/05 - A Lua do Retorno dos Sapos
Prático, estável e muito perseverante, o Castor é um ser carinhoso. Possui uma natureza empreendedora e um instinto possessivo muito poderoso. Alcança a segurança através das posses materiais, e pode ser muito auto-indulgente e inflexível. Como é muito trabalhador e persistente, o Castor pode alcançar o que deseja nesta vida. Precisa de paz e harmonia para evitar o mau humor. Seu sentido de estética é muito positivo. No amor, é possessivo, mas muito carinhoso. Sua missão na vida é descobrir que a matéria não é a o que mais importa na vida.

Dá-se bem com o Pica-pau, o Urso Pardo e o Ganso

Deve cultivar: Adaptabilidade e compaixão.
Deve evitar: Possessividade, inflexibilidade.
Planta: Trevo silvestre
Mineral: Jaspe sanguíneo
Cor: Amarelo
Direção: Leste
Medicina do Castor: A capacidade criativa para encontrar jeitos alternativos de pensar.

CERVO
De 21/05 a 20/06 - A Lua do Plantio do Milho
O Cervo é forte, elegante e orgulhoso, e pode ser agressivo se provocado. Pessoas Cervo são muito habilidosas e encontram a segurança através das posses materiais. O Cervo é amistoso e tem grande curiosidade intelectual. Mas pode ser também inconsistente, agitado e folgado. Sua natureza é vivaz e versátil. Gosta de falar e está sempre alerta a tudo que acontece ao seu redor. No amor, é mutável. Entusiasma-se com a mesma rapidez com que perde o interesse. Sua missão na vida é aprender a coordenar os diferentes elementos que o atraem. Gosta de mudar o velho pelo novo e detesta a rotina. Ama as mudanças e os desafios, por isto está sempre saltando de um relacionamento a outro, de um emprego a outro.

Dá-se bem com Corvo e Lontra

Deve cultivar: Concentração, persistência e simpatia.
Deve evitar: Mudanças de humor, inconsistência e superficialidade.
Planta: Verbasco
Mineral: Ágata
Cor: Laranja
Direção: Sudeste
Medicina do Cervo: Caracteriza-se pela sensibilidade para descobrir as intenções dos demais e aquilo que é nocivo para o próprio bem estar.

PICA-PAU
De 21/06 a 20/07 - A Lua do Sol Intenso
O Pica-pau é emotivo, sensível e carinhoso. Muito familiar, sabe sacrificar-se por seus seres queridos. Sua missão na vida é aprender a usar sua força emocional no plano material. No amor é muito maternal e romântico. Sabe ser passivo e vulnerável, mas também protetor. Sua imaginação e sua simpatia são muito grandes.

Combina bem com Serpente, Lobo e Castor

Deve cultivar: O perdão e a intuição.
Deve evitar: Auto-compaixão e possessividade.
Planta: Rosa silvestre
Mineral: Quartzo rosa
Cor: Rosa
Direção: Sul-Sudeste
Medicina do Pica-pau: A aptidão para estabelecer um ritmo regular na vida e a tenacidade para proteger quem se ama.

SALMÃO
De 21/07 a 20/08 - A Lua dos Frutos Maduros
O Salmão esforça-se para voltar para casa após uma longa jornada. Pessoas Salmão amam o lar e são generosas e sensíveis. São também muito imaginativas e às vezes têm humor oscilante. Seu objetivo na vida é viver em harmonia com o ambiente. O Salmão veio a este mundo para brilhar e se sobressair. É entusiasmado e seguro, e toma a liderança em qualquer situação. Sabe ser energético e intransigente, assim como generoso e criativo. Às vezes pode parecer arrogante e sem dúvida sente-se ferido quando as pessoas não prestam atenção ao que ele quer. Sua missão na vida é encontrar propósito e estabilidade emocional. No amor, é insaciável e passional, mas também generoso e enamorado.

Dá-se bem com Coruja e Falcão

Deve cultivar: Tolerância e estabilidade emocional
Deve evitar: Arrogância, egoísmo e intolerância
Planta: Amora silvestre
Mineral: Cornalina
Cor: Roxo
Direção: Sul
Medicina do Salmão: Força e valor para atingir os objetivos, assim como constância para terminar as tarefas.

URSO PARDO
De 21/08 a 20/09 - A Lua da Colheita
O Urso Pardo é perseverante, muito independente e prático. Sabe ser considerado e deseja ser perfeito. Por este motivo, tende a criticar muito a si mesmo e aos demais. Este pode ser seu pior defeito. Mas também é capaz de trabalhar duro e conseguir tudo o que deseja no plano material. Não gosta de mudanças e prefere o certo ao duvidoso. É bondoso e leal e sabe solucionar pequenos problemas da vida cotidiana. No amor é moralista e um tanto reprimido. Analisa demais as relações e por isso perde um pouco da naturalidade.

Combina bem com Ganso e Lontra

Deve cultivar: Otimismo e tolerância
Deve evitar: Ceticismo e crítica excessiva
Planta: Violeta
Mineral: Topázio
Cor: Marrom e Violeta
Direção: Sudoeste
Medicina do Urso Pardo: A capacidade de resposta, eficiência no trabalho, segurança em tempos de necessidade, e o poder para recobrar a força interior.

CORVO
De 21/09 a 20/10 - A Lua do Vôo dos Patos
O Corvo é inteligente, esperto e místico. Pessoas Corvo amam a paz, são idealistas e charmosas. Eles esperam a harmonia na comunidade e devem ficar longe de incertezas e inconsistências. O Corvo odeia a solidão e necessita estar rodeado de gente. Ainda que seja agradável e bondoso, vive muito influenciado pelo ambiente que o rodeia. Se é negativo, pode ficar mau-humorado. Também sabe ser idealista e diplomático e gosta que prevaleça a justiça acima de tudo. Veio ao mundo para harmonizar os contrários. No amor, é forte e sensível, mas por demais influenciado pelos desejos e sentimentos de seu parceiro.

Dá-se bem com Cervo e Lontra

Deve cultivar: Constância, imparcialidade e inspiração
Deve evitar: Indecisão, incerteza e inconsistência
Planta: Hera
Mineral: Azurita
Cor: Azul
Direção: Sudoeste
Medicina do Corvo: Aptidão para transformar situações negativas ou estéreis em positivas, e a capacidade de superar as limitações.

CORVO
De 21/09 a 20/10 - A Lua do Vôo dos Patos
O Corvo é inteligente, esperto e místico. Pessoas Corvo amam a paz, são idealistas e charmosas. Eles esperam a harmonia na comunidade e devem ficar longe de incertezas e inconsistências. O Corvo odeia a solidão e necessita estar rodeado de gente. Ainda que seja agradável e bondoso, vive muito influenciado pelo ambiente que o rodeia. Se é negativo, pode ficar mau-humorado. Também sabe ser idealista e diplomático e gosta que prevaleça a justiça acima de tudo. Veio ao mundo para harmonizar os contrários. No amor, é forte e sensível, mas por demais influenciado pelos desejos e sentimentos de seu parceiro.

Dá-se bem com Cervo e Lontra

Deve cultivar: Constância, imparcialidade e inspiração
Deve evitar: Indecisão, incerteza e inconsistência
Planta: Hera
Mineral: Azurita
Cor: Azul
Direção: Sudoeste
Medicina do Corvo: Aptidão para transformar situações negativas ou estéreis em positivas, e a capacidade de superar as limitações.

SERPENTE
De 21/10 a 20/01 – A Lua do tempo frio
A Serpente é misteriosa e intuitiva, o símbolo da transformação. Pessoas Serpente desejam satisfação e florescem com elogios. Elas precisam de grande disciplina e força de vontade para controlar sua natureza difícil. A Serpente é misteriosa e reservada. Sabe ocultar seus sentimentos debaixo de uma atitude fria. É adaptável, decidida e imaginativa. Extraordinariamente sensível, a Serpente pode sofrer em silêncio e espera o momento propício para devolver os golpes com sua mordedura fatal. No plano positivo, é ativa e imaginativa, e muito carinhosa quando se sente querida de verdade. No amor, é intensa, com muitos sentimentos ocultos e às vezes algo retorcidos. Sexualmente interessada por experiências limite, nunca é indiferente ao seu parceiro.

Dá-se bem com Lobo e Pica-Pau

Deve cultivar: Determinação, adaptabilidade e criatividade
Deve evitar: Egoísmo, arrogância e ciúmes
Planta: Espinheira santa
Mineral: Ametista
Cor: Violeta
Direção: Oeste
Medicina da Serpente: O talento para adaptar-se às mudanças e atravessar com êxito as fases de transição.

CORUJA
De 21/11 a 20/12 – A lua da neve
Corujas são muito observadoras e silenciosas. Pessoas coruja são inteligentes, bem articuladas e discretas. Seu olho para os detalhes faz delas perfeccionistas. A Coruja necessita de liberdade de ex


Assine E-mail SAC Canais


pressão. É vivaz e presta muita atenção aos detalhes. Curiosa e adaptável, tende a abarcar mais do que pode. É valente e decidida, e sabe ser versátil. Sua natureza é sincera e estudiosa, e pode ser muito compreensiva, ainda que às vezes lhe falte tato. No amor, adora a aventura e é atraído por pessoas exóticas. Precisa variedade e intensidade de sentimentos, mas, acima de tudo, alguém com quem possa conversar e compartilhar seus múltiplos interesses intelectuais.

Dá-se bem com Falcão e Salmão

Deve cultivar: Concentração, otimismo e entusiasmo vital
Deve evitar: Auto-indulgência e exagero
Planta: Visco
Mineral: Obsidiana
Cor: Dourado
Direção: Noroeste
Medicina da Coruja: É o poder de discernir as coisas em momentos de incerteza e levar uma vida coerente, com planos a longo prazo.
Medicina do Pica-pau: A aptidão para estabelecer um ritmo regular na vida e a tenacidade para proteger quem se ama.

Nenhum comentário:

Postagens populares

Total de visualizações de página