Compartilhe!

Pesquisar neste blog

06 setembro, 2006

blábláblá... novo em cada amanhecer...

Fotos e texto por Solange Pereira Pinto






Blábláblá. Café da manhã. Escovar os dentes. Sair de casa. Blábláblá. Ser formiga. Ser cigarra. blábláblá. Rebobina. Dormir até tarde. Almoçar. Entrar na net. blábláblá. Ser cigarra. Ser formiga. Opção? Blábláblá. Vamos novamente. Acordar. Fazer isso. Fazer aquilo. Blábláblá. De outro jeito. Não acordar. Querer morrer. Blábláblá. De novo. Nem dormir. Levantar. Blábláblá. Outra forma. Amanhecer. Fazer amor. Sorrir. Blábláblá. Muda tudo. Madrugar. Pegar o ônibus. Trabalhar. Blábláblá. Inverte. Levantar cedo. Entrar no carro. Pendurar o paletó. Blábláblá. Agora do avesso. Barriga vazia. Descer o morro. Blábláblá. Muda a fita. Hospital. Bala perdida. Blábláblá. Troca o canal. Criança na escola. Lancheira. Caderno e lápis. Blábláblá. De outro tom. Menino na rua. Chiclete no sinaleiro. Moedas. Esporros. Blábláblá. Câmera lenta agora. Mulher parindo. Marido bêbado. Greve. Blábláblá. Outra vez. Mulher dando a luz. Marido presente. Hospital particular. Blábláblá. Troca o filme. Soco na cara. Cabeça quebrada. Um par de tênis. Blábláblá. Corta! Repete. Mulher vai às compras. Babá de uniforme. Motorista espera. Blábláblá. Muda a cena. Chefe puto. Salário atrasado. Fila grande. Blábláblá. Troca a lente. Homem alto. Bom terno. Carro do ano. Blábláblá. De outro ângulo. Casal passeia. Quadra tranquila. Arbustos verdes. bláblábla. Reticências. Mais um dia começou.

Um comentário:

Cesar Cardoso disse...

E, como diria Millôr, "y así pasan los días"...

Bela crônica!

Postagens populares

Total de visualizações de página