Compartilhe!

Pesquisar neste blog

07 agosto, 2006

onde vivemos...






Título: Abrigos modernos
Autora: Solange Pereira Pinto
Técnica: Fotografia
Data: agosto/2006
______________________
Decerto as pessoas precisam de caixas para lhes contornar.
Na vida e na morte.
Dos túmulos verticais às covas horizontais.
Os prédios se dizem inteligentes para a pessoa não precisar se mover.
Aliás, que bom que alguma coisa seja inteligente nesta vida.
Ainda que sejam as coisas, os cães, os pombos-correios.
Já repararam que biblioteca não faz parte dos projetos arquitetônicos?
Os apertamentos são entregues com sala, quartos, banheiros e cozinha.
Um tanque.
Uma varanda.
Há quem diga que ter uma churraqueira na varanda é mais importante que uma estante de livros.
o que faz sentido, pois somos trogloditas mesmo.
E vamos nos empilhando ou nos enfileirando nas ruas.
Mas como isso não causa estranheza, está tudo mesmo certo.
Assim como deve ser.

3 comentários:

rogerio silvério disse...

Impressionante essas fotos! Chegam a assustar, parecem de um filme de ficção científica futurista, mas é a realidade.

Alena disse...

sÓ Os Ricões, Sol, têm biblioteca nos projetos arquitetônicos. Quando lançam umas maravilhas aqui em Salvador colocam biblioteca também. Mas nenhuma de nós pode sonhar sequer em comprá-los.

Denise Machado disse...

Soll, dia desses eu refletia exatamente sobre essa coisa da ausência de uma biblioteca...eu tenho até um "ensaio" de biblioteca aqui em casa, mas reconheço que preciso torná-la mais interessante para criarmos o hábito ...tb tenho alguns livros espalhados pela casa..uma tentativa..ainda sem efetividade...a propósito, um desses livros é "Mulheres que Mudaram o Mundo", do Gabriel Chalita...que ganhei de um grande amigo. Para quem não leu, o título é explicativo...é uma coletânea da história de mulheres precursoras. Na minha ótica, peca por não apresentar conclusões, mas o propósito do escritor não era esse mesmo, ao que me parece...vale pelo que conta, vale pela dedicatória, talvez peque por não ter incluído uma brasileira, apesar de ser o autor brasileiro. Imagino que até tenha tentado, mas seria difícil eleger uma dentre tantas...aqui, temos uma precursora em cada esquina, o que, longe de vulgarizar a nossa participação nos grandes e bons temas, apenas (e muito!) reforça o perfil de luta e de coragem que nos acompanha. Bem, voando dos prédios por vc fotografados, para a biblioteca doméstica, chegando perto do Chalita e voltando para a nossa realidade, vc, Soll, certamente, poderia representar-nos da coletânea !!!!!!! querida, o seu Blog está muito show (isso nem é expressão adequada para falar sobre um espaço tão rico!). Continuarei pensando na bliblioteca doméstica e tentando dar vida ao que tenho por aqui..sim, a biblioteca é necessária, mas, óbvio, tem que ter vida, luz!!! E nós podemos fazer isso acontecer! bjs

Postagens populares

Total de visualizações de página