Compartilhe!

Pesquisar neste blog

16 maio, 2006

Alfazema

"E ela parou para olhar acima

Chuva de cansaço caiu

Afogando sonhos"


Trecho do poema Alfazema, 2000.
Solange Pereira Pinto



Um comentário:

Manoela disse...

Não deixa não! Sonhos jamais se afogam...

Postagens populares

Total de visualizações de página