Compartilhe!

Pesquisar neste blog

17 setembro, 2008

multiplicidade...

"Vivemos, hoje, sob o signo da multiplicidade, da confluência entre as artes e os campos disciplinares. Cabe ao intelectual contemporâneo estar atento a isso. A especialização e a fixidez do conhecimento já não condizem com as demandas do nosso tempo. O movimento, o trânsito, a abertura à alteridade são as linhas de força que nos definem. Greenaway é diretor de ópera, escritor, pintor, curador. De alguma maneira, ele reedita essa figura do artista renascentista. Algo que tem a ver também com a idéia de Arte Total, de Wagner. Ele tenta reconstituir essa figura para mostrar que o cinema tem que se abrir para essas outras linguagens, que as artes e os campos de saber estão aí também para serem mesclados, conjugados. Além disso, aposta na idéia de que uma das formas de se revitalizar o cinema é buscar os recursos que as outras artes podem oferecer".

Maria Esther Maciel

______________________________

Nenhum comentário:

Postagens populares

Total de visualizações de página