Compartilhe!

Pesquisar neste blog

24 março, 2008

O primeiro post a gente nunca esquece

Sábado , 13 de Agosto de 2005





--------------------------------------------------------------------------------
Autor: Ernst Fischer

"Se fosse da natureza do indivíduo o não ser ele mais do que um indivíduo, tal desejo seria absurdo e incompreensível, porque então como indivíduo ele já seria um todo pleno, já seria tudo o que era capaz de ser. O desejo do homem de se desenvolver e completar indica que ele é mais do que um indivíduo. Sente que só pode atingir a plenitude se se apoderar das experiências alheias que potencialmente lhe concernem, que poderiam ser dele. E o que um homem sente como potencialmente seu inclui tudo aquilo de que a humanidade, como um todo, é capaz. A ARTE É UM MEIO INDISPENSÁVEL PARA ESSA UNIÃO DO INDIVÍDUO COMO O TODO, reflete a infinita capacidade humana para a associação, para a circulação de experiências e idéias..."



--------------------------------------------------------------------------------
Trecho do livro “A Necessidade da Arte”, de Ernst Fischer, Editora Guanabara.




_______________

Memórias e desmemórias de uma blogueira





Hoje navegando pela blogosfera resolvi tatear uma cronologia da minha incursão no mundo blogueiro. Aos poucos fui (ainda estou) aprendendo sobre a ferramenta, o espaço, o universo do blog, com o qual vivo me surpreendendo.

Preferi começar este texto pelo começo: meu primeiro post!


No dia 13 de Agosto de 2005 comecei esta loucura sã de ser blogueira!

O meu primeiro post foi este acima, publicado no já desativado "Se for preciso grite" encerrado numa segunda-feira, dia 3 de abril de 2006 quando migrei para cá: Idéias e Ideais...

Lembro que pouco antes deste aqui, no dia 11 de janeiro de 2006, havia criado o blog "Lugar Diferente" (já uma tentativa de separar conteúdos e criar um blog pedagógico) que hoje (por ter perdido a finalidade) se chama Achados e Perdidos, lá eu só acumulo coisas...

Mas foi em 2005 que o meu primeiro blog pedagógico - "Inquietações e Mudanças" - abriu espaço aos alunos. Ele eram da Pedagogia e a proposta inicial foi refletir sobre as tecnologias na educacão. Naquela época pedi que postassem - como primeiro post - um pequeno texto da Sheila Campello sobre trabalho colaborativo (para conferir vá até o blog da Águina) . O projeto continuou até 9 de julho de 2006 quando sai da disciplina e a faculdade. Paralelo a ele havia o blog de avaliações que ainda hoje desconfio de sua validade e eficácia, diferentemente do Inquietações e Mudanças que foi útil, surpreendente e cumpriu seus objetivos (pena que tive que parar).


Continuando no ramo do blog pedagógico, veio em 14 de julho de 2006 "É preciso duvidar de tudo", no qual são propostos textos para reflexão e elaboração de atividades. É uma espécie de escaninho virtual(ou substituição da famosa "pasta na xerox") que reúne atividades para aguçar o senso crítico.


Ainda na mesma onda "acadêmica" criei o Jornalismo de Revista em 13 de setembro de 2007. Com um formato mais atualizado, flexível, interativo foi a oportunidade de tentar um blog comunitário com alunos participando. Ainda estamos experimentando.


Por falar em blog parceria (comunitário ou coletivo?), iniciei uma parceria com a Fernanda Ramirez no Café Docente em 6 de novembro de 2006. Lá a gente fala de... o nome do blog diz, né!


Com vida blogueira firme fiz graciosamente em 7 de julho de 2006 o "Bordelando" para noticiar as atividades de um grupo de bordadeiras de Brasília. Por falta de apoio ficou na primeira etapa mesmo. Um embrião de blog associativo.

Onze dias depois, aproveitando o clima da exposição de bordados, (18 de julho de 2006) lanço "Arte & Alternativas - Livro Arte" para servir de vitrine e portfólio das minhas produções artísticas na área de encadernações e book-art. Surge meu primeiro blog portfólio ou blog vitrine.


Entretanto, no intervalo de bordados e bookarts, resolvi, em 10 de julho de 2006, divulgar minha marca "Ato com Texto" na internet... Por ser grátis, não pagar hospedagem e ser de fácil alimentação, o blog divulgação foi uma opção viável. Se é eficiente? Ainda não sei.


Cumprindo quase a mesma função do blog sobre livro arte, vem bem mais tarde (11 de janeiro de 2008), a Galeria Virtual Rigoller, meu webfólio artístico - de artes visuais (claro!), em plena fase de construção.

Numa sexta-feira (7 de dezembro de 2007), provavelmente sem nada melhor para fazer, decido que o conteúdo literário deste Idéias e Ideais devia ser inventariado e ganhar um lugar próprio, eis que nasce: "Sob as diversas perspectivas até a página 739". Lá estou começando a organizar os textos que eu escrevo e já publiquei (ou ainda não) nos diversos blogs, jornais, revistas, enfim dispersos por ai. Talvez seja meu weblibri ou webfólio literário ou um e-bookão mesmo.

No vício literário já havia nascido (em 21 de setembro de 2006) o "Mal de Montano" (bem acessado inclusive), um blog de quatro escritoras (incluíndo eu) que nasceu animado e depois parecia subida de ladeira para cumprir promessa. Hoje vive de míseras contribuições que dou vez por outra. A introdução é até bonitinha: por que por que por que? Canetas, papéis e idéias. Ou idéias, papéis e canetas? Não. Papéis, canetas, idéias… Hum… Melhor dizer: loucura, compulsão, obsessão. É. Aqui estamos. Um grupo de escritores. Do Mal e do Bem. Do escritor à escritura. Contando. Rindo. Proseando. Chorando. Profetizando. Gargalhando. Poetizando. Sim. Juntando nossas almas em fragmentos de histórias. Finalmente (para nós!), um encontro de escritores apaixonados por literatura. E, mais. Pela escritura. Afinal, viver é juntar palavras. Ou não? Bem-vindos montanas e montanos! Um blog discussão que hoje é blog divulgação,


No ócio-criativo, "Bastidores" (18 de setembro de 2007), "Linguagem, Comunicação e Produção de Textos" (24 de setembro de 2007), Histórias pessoais, Sujeitos e Predicados, Animais Criativos (16 de março de 2008), Dicas para TCC, Blog pedagógico são projetos em desenvolvimento que terão o momento certo de libertação e fruição. Ou quem sabe delete mesmo.


Ah, para finalizar, em outubro de 2006 fiz um post Vida de blogueira... ou confissões? para dizer que coceira é essa que não quer mais parar.



______________________________________

3 comentários:

Cesar Cardoso disse...

Devo dizer que fiquei cansado só de ler o post. Hehe.

Soll disse...

imagino! hehhe

Fernanda disse...

voce é a unica que conheço que tem até curriculo de blogs...

Postagens populares

Total de visualizações de página