Compartilhe!

Pesquisar neste blog

29 setembro, 2007

Não há título para histórias sem-fim





Um post escrito por dedos nervosos 28.09.07 Hoje tenho muito pra falar. Estou numa ansiedade compulsiva. Engordei dois quilos desde sábado Aserf fvasdf aef Resolvi que não vou corrigir o português. Pouco adianta se quase ninguém lê. Se lê não entende, e se passa daí muito menos o erro se vê. Vou de rascunho para não perder tempo. Tô com pressa. O relógio marca. Tic tic tic tic tic tic Não tenho tempo a perder. Tô irritada com computador lento. Com internet discada. Com gente lerda. Com atendente apatetada. Com banda larga. Com motorista de fim-de-semana. Fon fon fon fon fon fon Não tolero moleza. Nem ouvir conversa repetitiva. Muito menos raciocínio curto. Não tenho paciência para ladainha. SAC de celular me irrita. gerundiando os tanananananan tanananan tananananan Hoje tenho muito que fazer. Rápido passa logo! Downloads Meus pensamentos apressados Querem sair. Uploads. Rápidos. Neste instante. Neste agora. JÁ JÁ JÁ JÁ Não posso tempo perder. Tenho muito a dizer. Pra quem? Sei lá! Só sei que parado não se pode ficar. Isso é preguiça! Vai vai vai vai Então vamos correr. Estressar. Enlouquecer. Surtar. Digitar digitar digitar. Abrir janelas de programas. Uma. Duas. Cinco. Onze. Vamos vamos vamos Rápido! Travou que merda! Odeio computador travado. Detesto a lentidão. Se máquina não pensa por que emperra? Ah, gente que não pensa também emperra. Entendi. Não sacou? Odeio repetir. Se ligue. Hoje tenho muito que fazer. deleta deleta deleta Absorvi informação demais. Li demais. Vi demais. Preciso vomitar. Vomitar! Informação. Informação. Outdoor. Celular. dados. Internet. Televisão. Vomitar. Vomitar. Jornais. Revistas. propaganda. Fofoca de salão. Vomitar. vo-mitar. Vomitar. Panfleto no sinal. Cartaz no elevador. Vomitarvomitar. Rádio. Satélite. Não sofro de bulimia nem tampouco anorexia VO-MI-TAR de informações. De informações sou obesa! Sim! Gorda. Muito gorda. Obesidade mórbida de dados. Lotada. Por isso. Preciso urgentemente vomitar. Na sua tela. Diante de seus olhos. splaft splaft splaft Descerá uma gosma de palavras enfileiradas. na barra de rolagem. Hierarquizadas. xyz xyz xyz xyz xyz Comuns. clichezentas. Hoje tenho muito pra falar. Limparei os beiços rapidamente. Enquanto. você fica ai com o azedume da minha falta de tolerância. da minha impaciência. da minha ira. dos meus dedos nervosos que atacam o teclado. Batem. Fortes. Decididos. Ligeiros. Pulam apressados Bit bit bit bit bit bit Pac pac pac pac pac O enjôo voltou. ahNão posso mais segurar. Agora... vai... vai... Argt argt argt Ufa! Vomitei ?enfim. Acabei a introdução. Sobre o quê eu ia falar? Bacamarte, onde escondes? Van Gogh leve minhas orelhas. Eu só quero FALAR FALAR FALAR Hoje tenho muito que fazer. Não posso parar. Hoje tenho muito pra falar. blá blá blá blá blá bláTV SPA

3 comentários:

Fernanda Ramirez disse...

hahahahaha, eu vou vomitar com você, limpar meu dna de tantas informações puras. Me extinguir de um portugues culto e ficar mesmo com o portugues curto, para nao dar tilt no meu sistema. estou indo, estou indo, vomitar, vomitar, vomitar na frente da tv, tv tv SPA... u-hu!!! que meu orientador de doutorado me perdoe, a tese agora é outra!

Soll disse...

hhahahahahaha

Alena disse...

Perfeito! Vai para uma apresentação que farei num congresso.

Postagens populares

Total de visualizações de página