Compartilhe!

Pesquisar neste blog

03 novembro, 2006

Pátria é língua






Milton Hatoum: "Antes de mais nada, a noção de pátria está relacionada com a língua e também com a infância. O que mais marca na vida de um escritor, talvez seja a paisagem da infância e a língua que ele fala".


Leia aqui uma antiga entrevista com o escritor Milton Hatoum, vencedor do prêmio Bravo! com o recém lançado Cinzas do Norte.

5 comentários:

eduardo disse...

Deu vontade de ler...

manoela disse...

tem um livro maravilhoso chamado língua é realidade, do Vilém Flusser... bjinho!

Jorge P.G. disse...

Realmente,à ideia de Pátria está subjacente a língua.
Por muitas línguas que falemos, quando estamos sós com os nossos pensamentos, é na língua nativa que pensamos.
De acordo igualmente com as imagens que perduram mais tempo nas nossas memórias, vindas da infância - as da paisagem e as dos nossos brinquedos.

um abraço, Sol

Jorge G de Lisboa

Fernanda Ramirez disse...

Tá, hj eu fui na livraria trocar um livro que ganhei de presente, que não tinha lá muito a ver comigo e perguntei pra moça: tem cinzas do norte? Resposta: não, não temos. Ai que raiva que deu... Beijos Sol

Soll disse...

que chato Fernanda!!! tente mais rsss bjs

Postagens populares

Total de visualizações de página