Compartilhe!

Pesquisar neste blog

04 outubro, 2006

Poesia adolescente - aos 17 anos

Clique na foto para ampliar a imagem

Título - Adolescendo
Autora: Solange Pereira Pinto
Técnica: mista. colagem. lápis de cor
Data: outubro/2005
__________________________________


Cansei... Enchi...


Estou cansada do blá, blá, blá, cotidiano;
das pessoas me olhando;
das mãos se entrelaçando;
do mundo se acabando.

Estou cheia do corre-corre humano!

Estou cansada de percorrer a vida
sem que ela me percorra;
de ver tudo acontecer
sem corresponder aos anseios do viver.

De ver a vida acabar na morte
ou nossa sorte acabar num poste...

Estou cheia do ir e vir,
sem estar lá ou aqui...


Cansei de bocas e beijos vãos;
de entregar meu corpo a duas mãos;
de ferir meus sentimentos
e estraçalhar meu coração.

Cansei da noite envenenada,
já me cansei da madrugada.
Envenenei-me nos goles da bebida amarga!

Cansei de sentar por aí,
esperando “o” alguém chegar; e
esperar meus sonhos acontecerem
para a realidade se apagar.

Cansei de ouvir sem falar;
de engolir para agradar;
de fingir para viver;
e de ouvir sem querer.

Cansei do teatro da vida!


Cansei de ver o mundo;
de ver, da vida, o lado sujo;
de ver, dos homens, a falsidade;
de ver, os pobres pela cidade.

Cansei de ver a doença corroer a carne!

De ser mulher arrependida;
de ser algo, não ser alguém;
de não corresponder ninguém;
cansei de não ser!

Cansei de ser passado, presente ou futuro.
Cansei de provar um pouco de tudo.
Cansei das revoltas, misérias e políticas.
Cansei do movimento, do inerte.

Enchi de tudo e estou vazia, sem nada.
Cansei do pouco e do muito fiquei cansada.
Cansei... Enchi....


____________________

(obs.: Escrevi este poema há mais de 20 anos. Ainda me sinto parecida em muitos versos hahahha. Outros eu mudaria... Mas resolvi postá-lo aqui no original)

6 comentários:

eduardo disse...

sentir-se vazio é pior do que sentir tristeza

rogerio disse...

põe a assinatura na pintura, no cando inferior direito. Põe "Soll". Ass. Marchant Roger.

Alena disse...

Sol, ainda bem que cansou. Pega este cansaço e busca mudar!!!

Alena disse...

Sabe do que eu me cansei? Do vazio das pessoas.

manoela disse...

soll, acho q seu poema se encaixa de alguma maneira na vida de muita muita gente! eu cansei de tntas coisas que estão escritas aí tb... é difícil né, mas eu estou tentando ver outras belezas, outras raridades, outras preciosidades... resgatar alguns valores e revalorizar algumas coisas, desvalorizar outras... momento de muita mudança, e vamo tocando em frente né! como na música do almir sater :)

Soll disse...

é pessoal, bem que tenho tentado! o buraco da existencia nao se enche e eu me atolo em coisas pra fazer... acho que to pirando! rsss
bjos pra vcs meuss lindos amigos!!!!

Postagens populares

Total de visualizações de página