Compartilhe!

Pesquisar neste blog

19 agosto, 2006

No crème de la crème



Deixe o chantili escorrer sobre os seus lábios. A boca sedenta, vermelha, come ouro e mastiga vento. Deixe escorrer sobre as pernas o esperma do gozo improdutivo, que desliza da sua cabeça. Deixe correr o catarro da sua estirpe, que aprofunda a desgraça. Deixe correr as lágrimas, sua paz depende dos miseráveis.


por Solange Pereira Pinto (17.09.1999)

2 comentários:

ALena disse...

Deixe-se correr livre, por uma praia, que é disso que você precisa.

Mão Branca disse...

Vc fazia alguma referência ao boquete da Mônica Lewiski (ou como se escreva essa merda)?
De qualquer modo, bacana a poesia prosada.
[]s

Postagens populares

Total de visualizações de página